Minha história:
Meu primeiro contato com os algoritmos se deu em 1987, quando fiz diversos cursos de programação de computadores. Naquela ocasião tomei contato com a construção de algoritmos e fluxogramas. Desde então desenvolvi muito interesse pelo tema e fui buscar mais conhecimentos em livros, visto que os cursos resumiam o essencial.
Na década de 1990 fui aluno do curso de Matemática da UFRGS.
Em 2010 tornei-me aluno do curso de Filosofia. Nesta, conheci a Lógica formal como ferramenta de análise da validade de argumentos.
As três áreas multiplicaram meu interesse:
  1. Algoritmos pela constante e absoluta necessidade de trabalhar com o "se ... então" (condição), o "ou" (disjunção), o "e" (conjunção), e o "não" (negação), dentre outras forma derivadas;
  2. Matemática pela eterna busca do "x" da questão, e pela abstração com diagramas na investigação de inferências e deduções;
  3. Argumentos pela junção de tudo isso num só pacote.
Durante esta trajetória fui militar da Força Aérea Brasileira na especialidade de Controle de Tráfego Aéreo, ocasião em que participei de inúmeros treinamentos recebendo e dando instruções.
Desde 2008, já na reserva da Força Aérea (após 30 anos e alguns meses de muita aprendizagem e intenso profissionalismo), dedico-me integralmente à aprendizagem com mestres e alunos e, em 2011, criei minha marca: Ao Cubo - Oficina de Estudos.